Farinha de Sorgo: conheça os benefícios do alimento sem glúten

Há quem diga que consumir alimentos sem glúten é uma preocupação apenas para alérgicos ou intolerantes à proteína. Para quem não sabe, o glúten é uma proteína presente na maioria dos cereais, como aveia, trigo, cevado, centeio, entre outras, e é responsável por provocar inflamações no organismo, ocasionando inchaços e desconfortos abdominais, além de estimular a retenção de líquidos pelo corpo.

Inclusive, na maioria dos casos, a proteína é a maior causadora do ganho de peso corporal (e até obesidade) e de complicações cardiovasculares. Por isso, a tarefa de mudar os hábitos alimentares e passar a consumir alimentos sem glúten se estende a toda e qualquer pessoa que queira cuidar da saúde de verdade. Para quem quer emagrecer de forma rápida e saudável, eliminar a proteína também é uma ótima ideia.

Um desses alimentos que não contêm glúten em sua composição é a farinha de sorgo, que, como outros da mesma linhagem, pode trazer inúmeros benefícios para a saúde, desde a prevenção de cânceres, como no cólon e esôfago, até a redução do colesterol e da diabetes tipo 2.

O alimento ainda é pouco conhecido aqui no Brasil, mas é considerado o quinto cereal mais importante do mundo, devido às suas propriedades antioxidantes. Antes utilizado apenas na alimentação animal, a farinha de sorgo tem se mostrado eficiente também para a saúde humana.

Quer saber mais? Então, leia esse artigo até o final e conheça os benefícios da farinha de sorgo.

O que é a farinha de sorgo?

O sorgo é um cereal sem glúten, oriundo da África e da Ásia, mas que vem sendo reconhecido e cultivado no Brasil há algum tempo. A farinha é feita a partir do grão moído e, desta forma, disponibilizada para a aquisição dos consumidores, principalmente no Goiás e em Minas Gerais.

Até se descobrir os benefícios da farinha de sorgo para a saúde humana, o alimento era destinado apenas aos animais. Inclusive, era possível comprar o sorgo apenas em lojas de ração para pássaros, galinhas ou outros animais. Atualmente, pesquisas em andamento mostram que o sorgo pode inibir o surgimento do câncer em seres humanos, além de diminuir o colesterol e o desenvolvimento de doenças crônicas, como a diabetes tipo 2.

De uma forma geral, por ser livre de glúten, o sorgo é mais utilizado por pessoas com doenças celíacas ou com certa intolerância à proteína. No caso de pacientes celíacos, a ingestão de glúten pode causar a má absorção de nutrientes, levando a sintomas como fortes dores abdominais e outros problemas relacionados.

No entanto, o alimento pode ser consumido por qualquer pessoa, seja por algum tipo de rejeição do organismo ao glúten ou para uma dieta comum sem a presença da proteína.
As propriedades da farinha de sorgo são semelhantes às do milho, no que diz respeito aos níveis de proteína, gordura e carboidratos. A diferença é que o cereal tem mais proteína e gordura que o milho, mas menor presença de vitamina A.

Benefícios da farinha de sorgo

Além de ser um grande aliado de portadores de doenças celíacas ou intolerantes ao glúten, como dissemos acima, a farinha de sorgo também traz outros benefícios à saúde humana, que variam desde a prevenção de doenças crônicas até um emagrecimento rápido e saudável.

sorgo-beneficios

Confira abaixo alguns dos principais benefícios da farinha de sorgo:

  • Graças ao seu alto teor de magnésio, o sorgo contribui para um tecido ósseo saudável, regulando os níveis de cálcio no corpo humano;
  • Devido à presença do cobre em sua composição nutricional, a farinha de sorgo pode melhorar o sistema imunológico;
    O alimento ajuda a controlar o metabolismo, transformando os nutrientes em energia;
  • Rica em antioxidantes, a farinha de sorgo pode contribuir para o controle de doenças crônicas (como a diabetes tipo 2) e suas complicações;
  • Também por sua ação antioxidante, o alimento auxilia em dietas restritas de glúten;
  • Graças ao seu alto potencial de fibras, o sorgo apresenta grandes benefícios para saúde intestinal, redução de colesterol, menor incidência de câncer de cólon, controle da glicemia, etc.;
  • As substâncias presentes no sorgo, como as antocianinas, as isoflavonas e os taninos são capazes de proteger o organismo de enfermidades cardiovasculares e tumores, com ênfase ao câncer de cólon e esôfago;
  • Por ser rica em fibras, a farinha de sorgo ajuda no emagrecimento rápido e saudável, proporcionando maior sensação de saciedade e regulando o intestino;
  • Graças aos seus antioxidantes, a farinha de sorgo previne o envelhecimento, atuando no combate aos radicais livres, causadores do desgaste das células.

Composição Nutricional

A farinha de sorgo possui em sua composição nutricional diversos fitoquímicos, como as antocianinas, isoflavonas e taninos, como falamos acima, e também uma boa quantidade de vitaminas e minerais, como mostraremos detalhadamente a seguir:

  • Energia – 344 calorias
  • Proteínas – 11,12 g
  • Gorduras – 3,74 g
  • Carboidratos – 67,43 g
  • Vitamina A (retinol) – 3 mcg
  • Vitamina B1 – 505 mcg
  • Vitamina B2 – 120 mcg
  • Vitamina B3 – 3,2 mg
  • Cálcio – 20 mg
  • Fósforo – 188 mg
  • Ferro – 2,7 mg

Onde comprar?

A farinha de sorgo pode ser encontrada em lojas especializadas em produtos naturais, nas seções de cereais e farinhas ou de alimentos sem glúten. O alimento também pode ser encontrado em mercados de comidas exóticas e, em alguns casos, com outros nomes, como “jowar atta”, na cultura indiana, ou Bob’s Red Mill. Se preferir, é possível encontrá-lo também na internet.

Como utilizar a farinha de sorgo?

A farinha de sorgo pode ser utilizada para preparar diversas receitas, como panquecas, pães, bolos, biscoitos, mingaus, dentre outras. No geral, é bastante comum as pessoas utilizarem a farinha em receitas de assados, sempre em substituição à farinha de trigo.

Nestes casos, é importante lembrar que a farinha de sorgo tem consistência seca, devido à ausência do glúten (que funciona como um espessante na comida), e pode esfarelar. Por isso, é preciso substituir o glúten por outros alimentos que dêem a consistência à receita, como a maisena.

Outra dica é aumentar a quantidade de manteiga ou óleo na hora do preparo dos alimentos, o que deixará a receita mais úmida. Misturado a outras farinhas, o sorgo não altera o gosto e textura dos alimentos.

Receitas com farinha de sorgo

Existem inúmeros tipos de receitas para se fazer com a farinha de sorgo. Para finalizar, nós mostraremos duas delas, muito fáceis de preparar, para você começar a introduzir o alimento na sua alimentação:

Broinha de sorgo sem glúten

Ingredientes:

  • 2 xícaras (chá) de farinha integral de sorgo
  • 2 xícaras (chá) de fécula de mandioca
  • 4 colheres (sopa) de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • 2 colheres (sopa) de fermento em pó
  • 3 colheres (sopa) de margarina
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 2 ovos
  • Erva doce a gosto

Como preparar: Misture todos os ingredientes secos em uma tigela. Em seguida, adicione os demais ingredientes e mexa até que a massa fique homogênea. Com as mãos, enrole a massa em forma de bolinhas e disponha em uma assadeira levemente untada.

Pincele as bolinhas com gema de ovo e leve ao forno para assar em temperatura moderada e espere dourar. Pronto! Pode servir as broinhas à vontade.

Bolo de farinha de sorgo

Ingredientes:

  • 2 xícaras e meia (chá) de farinha de sorgo
  • 1 xícara (chá) de açúcar
  • 1 xícara e meia (chá) de manteiga ou margarina
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 4 gemas
  • 4 claras em neve
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • 1 colher (chá) de sal

Como preparar: Bata a manteiga com o açúcar até virar um creme. Em seguida, acrescente as gemas, a farinha, o leite, o fermento e o sal, mexendo até misturar bem. Bata as claras em neve e adicione à mistura, deixando incorporar levemente, sem bater. Leva a massa para assar em uma fôrma untada com manteiga. Deixe em fogo moderado, por um período de 30 minutos. Está pronto! Espere esfriar e sirva em seguida.

Show Comments

One Response

  1. lulu 22 de julho de 2016

Leave a Reply